Cachorro pode comer aipim? Quais os riscos?

cachorro-pode-comer-aipim

Você já se viu na seguinte situação: estava comendo um aipim cozido ou frito e seu cachorro te olhando com aquele olhar irresistível?

Nesse momento, você ficou em dúvida porque não sabia se o cachorro pode comer aipim e acabou não dando.

Então, ele pode comer sim, mas não em grandes quantidades, já que o aipim é rico em carboidratos, existem alguns cuidados no preparo.

Para tirar todas as suas dúvidas e poder oferecer aipim ao seu amigo de quatro patas em total segurança, vamos esclarecer todas aqui!

Cachorro pode comer aipim?

Sim, o cachorro pode comer aipim, mas com moderação, porque são ricos em carboidratos, logo, calorias.

Por exemplo, se seu peludo tem tendência à obesidade, é melhor evitar e oferecer alimentos menos calóricos.

É claro que um pedacinho não vai ter problema. O problema está quando isso se torna um hábito, correndo até o risco do cachorro rejeitar a ração.

Quais os benefícios de dar aipim para cachorro?

Em primeiro lugar, lembre-se que o aipim possui alta concentração de carboidratos, logo, nunca exagere nas quantidades.

Agora, quais os benefícios para o cachorro?

  • Ajuda a melhorar a digestão;
  • Provoca saciedade;
  • Boa fonte de energia para o metabolismo;
  • Fonte de cálcio, fósforo, magnésio e potássio, além de vitamina C, que ajudam a fortalecer o sistema imunológico, prevenir doenças e melhorar a saúde da pele do cachorro;
  • Melhora a saúde cardiovascular.

Vale lembrar aqui que o aipim não contém glúten, portanto, indicado para cães com doença celíaca, ou seja, intolerância ao glúten.

Cachorro pode comer aipim: quando faz mal?

Assim como qualquer outro alimento, tudo em exagero faz mal para seu animal de estimação.

Apesar de saber que o cachorro pode comer aipim, a chave aqui está na quantidade.

Caso contrário, o cachorro pode apresentar problemas digestivos, como gases, diarréia e vômitos.

E por se tratar de um alimento calórico, quando consumido em excesso, pode favorecer a obesidade.

Apenas para você ter uma ideia, 100 gramas de aipim contêm 168 calorias. Por isso, não deve ser oferecido para cães acima do peso ou com tendência à obesidade.

Faz mal cachorro comer aipim cru?

O cachorro não pode comer aipim cru de jeito nenhum!

Assim como nós humanos, os cães não conseguem digerir o aipim cru, o que pode levar a sérios problemas intestinais.

Além disso, o aipim cru contém uma substância altamente tóxica, o ácido cianídrico, que pode comprometer bastante a saúde do seu peludo.

Saiba que você também não pode comer mandioca crua!

Já que cachorro pode comer aipim como preparar?

O cachorro pode comer aipim cozido em água e sem adicionar qualquer tipo de tempero, nem mesmo sal.

Depois de pronto, retire as raízes e deixe esfriar.

O ideal é cortar em pequenos pedaços, especialmente cães de raças pequenas, para não correr o risco de se engasgar.

Uma dica é amassar bem e oferecer a mandioca em forma de purê, mas sem acrescentar leite, sal e nem manteiga.

Outra opção é na forma de chips, e é muito simples: basta cortar fatias bem finas e levar ao forno por 30 minutos, e se quiser, pode regar com um fio de azeite.

Esses chips são ótimos como petiscos ou no momento de treinamentos.

Como adicionar aipim na dieta do meu cão?

Agora que você já sabe que o cachorro pode comer aipim cozido, você pode oferecer separadamente ou misturar na ração.

O ideal é oferecer de uma a duas vezes por semana, em razão do aipim ser uma boa fonte de gordura e proteínas.

E como ele já obtém a quantidade necessária na sua alimentação, até mesmo o excesso de proteínas pode fazer mal.

Se tiver qualquer dúvida quanto à frequência e quantidade, converse com seu veterinário antes de dar aipim para o seu cachorro.

Gostou? Compartilhe

Rolar para cima