You are here: Home > Proprietário Animal! > Nome bom pra cachorro!

Nome bom pra cachorro!

Pois é, pessoas. Como semana passada não postei (meus sobrinhos vieram passar a ultima semana de férias aqui em casa e eu nao tive sossego nem pra respirar, quanto mais pra postar!), essa semana teremos dois posts (porque, né? Agora sou desepregada e desocupada, não tenho mais desculpa pra não escrever, no minimo, um posto por semana…!).

O post de hoje é pra você, que comprou/ganhou/adotou um cãozinho ou gatinho e está naquela dúvida cruel: que nome eu ponho no meu novo amigo?! Para ver sugestões de como esolher (ou não) nomes para o seu bichinho, disque 1 clique em “continuar lendo” e acompanhe….!

E depois de escolher o nome do seu pet, não se esqueça de coloca-lo numa plaquinha na coleira junto com o seu telefone, caso seu amigo se perca por ai!

Na hora de escolher o nome do seu novo pet tenha em mente uma coisa: por mais que seu cãozinho seja gente, ele não entende 100% do que você diz! Então, o nome escolhido precisa ser curto e de pronúncia fácil. É mais ou menos como os comandos de adestramento. O adestrador não ensina o cachorro dizendo “querido cão da dona Florisbela, poderia, por favor, sentar-se?” e, sim, dizendo só “senta!” porque os cães tem um entendimento limitado da linguagem humana.

Então, antes de dizer quais nomes são adequados eu vou começar por trás (no bom sentido, seu safadinho!), explicando primeiro como não escolher o nome do seu mascote.

1. Evite nomes estupidamente grandes!

Nomes do tipo “Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon” ficam ótimo em princesas…mas são uma porcaria como nomes de cachorro! Evite nomes com mais de 3 sílabas para nao confundir o seu cãozinho!

2. Consoantes são como cerveja: consuma com moderação!

A menos que você more, por exemplo, na Alemanha, Rússia ou Israel a maioria das palavras tem quase o mesmo numero de vogais e consoantes (se você duvida, conte o número de vogais e consoantes das palavras “vogais” e “consoantes” e tire suas próprias conclusões!) e são as vogais que facilitam a nossa pronúncia, por exemplo, existe um instrumento musical galês chamado “crwth”. Imagina o seu cachorro chamado Crwth…como vc iria chamar esse animal? Como os seus vizinhos iram chamá-lo? Cada um ia acabar inventando a sua propria pronúncia e o pobre cão ficaria sem saber a qual delas atender! Portanto, muuuito cuidado na hora de pesar vogais e consoantes para escolher o nome do seu pet. Quanto mais complicado for dizer o nome, mas complicado será o entendimento do cão de que “aquilo” é seu nome!

Isso é um Crwth. Aposto que você nao sabia! (nem eu…)

3. Nome de gente não, por favor!

Algumas pessoas não se importam, mas uma grande quantidade delas (inclusive alguns amantes de pets), detestaria ver seu nome num cachorro! E, bom…fica esquisito! Na hora de ir no veterinário a gente nunca sabe qual nome é do dono e qual é do cachorro! Uma vez eu atendi um cachorro que chamava João Pedro…bom, só fui descobrir que João Pedro era o cachorro e não o dono no final da consulta, quando o proprietário me disse “eu me chamo Carlos. João Pedro é ele”… Eu tava chamando o cara de “Seu João Pedro” e o cachorro de “rapaiz”ou “minino” porque, aparentemente, não tinha o nome dele na ficha…! Já ouvi uma história de uma mulher que tinha um cachorro com o mesmo nome do filho. O menino precisou de anos de terapia pra se convencer de que ele era mais importante pra mãe do que o cachorro! E, sim, mais uma vez: algumas pessoas ficarão P da vida se descobrirem que você tem um cachorro com o mesmo nome delas! Por isso, evite nomes de gente, principalmente, nomes muito comuns.

4. Não escoha nomes ofensivos, constrangedores e/ou muito bobos.

Sabe aquela piada de pivete que fala do cachorro chamado Nabunda? Pois é…por motivos óbvios de bom gosto e respeito ao resto da humanidade evite nomes desse tipo. Ninguém vai querer se sentir vexado/humilhado/ofendido ao chamar o seu cachorro na sala de espera da clínica! E ao colocar um nome desse tipo no animal não espere ser muito bem tratado por aí quando andar com ele. Nomes de mau gosto não agradam a ninguém. Outro tipo de nome que deve ser evitado são nomes muito bobos que também possam colocar outras pessoas em situações desconfortáveis. Quer um exemplo? Veja o que aconteceu comigo uma vez quando eu era estágiaria (sério, minha vida é uma grande piada sem graça…)

Peguei a ficha do animal e o nome dele era “OI” assim, sem mais nem menos. Fui toda alegre e saltitante na sala de espera, abri a porta e chamei bem alto: “OI!” Bom, todo mundo me olhou com aquela cara de O_o e uma velhinha, que estava lá, muito simpática e solícita me respondeu: “Oi, bem. Bom dia.” Eu queria um buraco pra me enterrar de tanta vergonha….

Sério, povo. Por mais que estagiário seja a última classe abaixo de ninguém, tem coisas que ninguém merece! Não coloque nomes nos seus animais que farão os pobres estagiários ser motivo de piada pelo resto da vida!

***

Bom, já que já falei tudo que não deve ser feito, vamos às técnicas milenares de escolha de nome!

1. Geradores aleatórios de nome!

Sim! Essa maravilha da tecnologia existe e é usada por RPGistas preguiçosos desde o começo dos tempos! O que eu sempre usei é esse aqui. É só escolher o tipo de nome que você quer (longo, curto, com mais vogais, com mais consoantes, estilo japones, nome de dragão…e por aí vai) e clicar em “generate” que o programa vai te dar uma lista com quase 120 nomes (?!) pra você escolher o mais legal! Mas lembre-se: não escolha um nome muito complicado!

2. De acordo com a raça!

Seu cão é um Pastor  Alemão? Que tal um nome alemão como Hans, Frida, Otto, Bernarda, Hilda…?! Apesar de serem nomes de pessoas, vai ser bem dificil você encontrar outra Hilda na rua (a não ser que você more numa colônia alemã…!)

É um Terrier? Que tal um nome típico inglês ou escocês, já que foi por aí que as principais raças do grupo se formaram? Ranald, Aileen, Angus… além de nomes típicos do folclore da região, como Branwyn (deusa do amor), Amaethon (deus da agricultura), Brownie (Que além de ser os bolinhos também é o nome de fadinhas de roupa marrom), Doonie (outro tipo de fada)… Até nomes como Whisky e Leprechaun ficam bem!

Você tem um Borzoi ou Husky? Nomes russos são um pouco mais comuns por aqui (tipo Yuri, Ivan, Olga…) e os incomuns costumam ser dificeis de pronunciar, mas nada te impede de colocar um nome em russo no seu bichinho. Algumas palavras mais simples dão uns nomes bem legais, tipo Vesna (primavera), Yablaka (maçã), Apryel (abril), Rika (rio)….Como nao é um idioma tão conhecido como o ingles ou alemão você pode sair “nominando” seu cão sem culpa. É pouco provavel encontrar alguém que saiba que o nome do seu Husky campeão chamado “Zont”, na verdade significa “guarda-chuva”…

Um Akita? Abuse da niponice! Até nomes mais conhecidos como Sushi ou Oniguiri ficam bonitinhos. Os clássicos Sakura (que não necessariamente é a “Card Captors”) e Akira também sempre caem bem! Mas, uma coisa importante na hora de colocar um nome japonês no seu pet é lembrar que, diferente daqui, muitas vezes nomes terminados em “O” (principalmente em -ko) são femininos! Logo, chamar seu pitbull assassino de Yuriko não fará muito bem para a masculinidade do coitado…

3. Busque inspiração!

Livros, filmes, músicas…! o nome da banda favorita (desde que nao seja tipo “calcinha preta”), do personagem favorito do seriado/desenho/filme/livro…tudo serve na hora de você se inspirar e batizar o seu pet! (“batizar” no sentido de por nome, antes que algum fanático maluco venha dizer que eu vou pro inferno por falar em batizar um cachorro…). Mas tenha cuidado!! Não é porque você é fã de Game of Thrones que vai colocar o nome da sua cadela de sei lá.. Daenerys Targaryen! (por outro lado, Khaleesi fica bem bonitinho!)

4. Caracteristicas físicas!

Seu pet tem alguma manchinha, uma orelhinha diferente…aproveite! Por exemplo, meu gato nao tem rabo, então o nome dele ficou sendo “Cotoco” (ja me disseram que esse nome é bullying…). Cachorrinho com mancha preta em um dos olhos? Pode ser Pirata…mas peraí, tão comum, né? Que tal trocar por Jack Sparrow (ou só Jack pros intimos) ou Barba Negra? (mesmo que seu cão nao seja barbado). Um cão pequeno pode ser o Cupcake ou Bolinho, um muito peludo ou com o pelo armado pode se chamar Slash ou Toni (em homenagem ao Toni Ramos!), um Basset ou Teckel pode se chamar Mentira (tem pernas curtas!) e por aí vai!

Diz aí! cara de um, focinho do outro! Os fãs de Gun’n’Roses vão me xingar em 3…2…1..

5. Seja criativo!

Fuja dos nomes comuns! Mel, Toby, Bob, Bolinha… seja criativo! Escolha para o seu pet um nome tão unico e especial quanto ele próprio!

E não esqueça de colocar o nome do seu mascote ou nomes que você acha legais ali nos comentários!

Outros posts tudo a ver!

  • E a PAVORvirose?
  • Criando Cães – Filhotes: 3. Vacinação Vermifugação e Cuidados Veterinários!
  • Criando cães – Filhotes: 2. Higiene e adestramento
  • Criando Cães –  Filhotes: 1. Nova casa e alimentação
  • Post revoltado de fim de semana – Animais não são filhos!




Tags: , , , , ,